NOVO MAVERICK X3 X RS TURBO R DE 172HP

21 de agosto de 2017 - por: valesi

Atual tetracampeã da categoria UTVs, marca canadense revela a versão 2018 do veículo, que está no maior desafio off-road do país.
Fonte: Mundo Press

Novo Can-Am Maverick X3 X rs Turbo R de 172HP

O novíssimo Can-Am Maverick X3 X rs Turbo R de 172HP acaba de desembarcar no Brasil direto para o 25º Rally dos Sertões. Atual tetracampeã da categoria UTV, a marca canadense apresentou o lançamento na noite desta sexta-feira (18) em um coquetel no box da equipe Divino Fogão, no Autódromo Internacional de Goiânia (GO). O local é onde os competidores estão concentrados para a largada do maior desafio off-road do país, neste domingo (20).

O lançamento do UTV Can-Am Maverick X3, em 2017, já revolucionou o segmento de powersports com o motor de 154HP. O visual agressivo e inconfundível, moldado pela cabine Ergo-lock, de cara conquistou os competidores por oferecer contato direto com o “coração” do veículo e sistema de suspensão eficiente, resultando em mais confiança na pilotagem. Seguro e extremamente estável, o novo Can-Am Maverick X3 X rs Turbo R 2018 traz todas estas qualidades e ainda representa o UTV esportivo com a maior potência de fábrica do mercado, com seu motor de Eficiência Avançada de Combustão (ACE) Rotax turbocharged de 172HP.

“O potente motor do Can-Am Maverick X3 X rs Turbo R 2018 é resultado de muito trabalho da fábrica em favor da performance. O DNA de competição está presente em todos os veículos da Can-Am”, explicou Adilson Greco Gaspar, coordenador de marketing e de PAC (Peças, Acessórios e Vestuário) para América Latina da BRP. O grupo é responsável pelos produtos assinados pela Can-Am.

“A versão 2018 traz 12% mais potência e acréscimo de 10% de torque comparada ao modelo 2017. De acordo com testes internos, o lançamento pode ir de 0 a 96km/h em apenas 4,4 segundos, é o UTV com a mais rápida aceleração do segmento”, reforçou Gaspar. O Can-Am Maverick X3 X rs Turbo R 2018 tem previsão de chegada nas mais de 60 concessionárias BRP espalhadas pelo país em setembro.